Fertilidade Feminina

Sistema reprodutor feminino

Anatomia:

  • Ovários: são responsáveis pelo armazenamento de óvulos e produção de hormônios.
  • Trompas de Falópio: local onde ocorre o encontro do óvulo com o espermatozóide (fertilização) e o transporte para o útero.
  • Útero: órgão que recebe o óvulo fertilizado e onde se dá o desenvolvimento da gravidez.

fert-femininaCiclo menstrual:

Nas mulheres com ciclos regulares, a cada 26-30 dias ocorre uma menstruação. Na metade do ciclo (em torno do 14° dia), acontece a ovulação, ou seja, um óvulo sai do ovário e atinge a trompa de Falópio, cenário do encontro com o espermatozóide e da fertilização.

A cada ciclo, apenas um óvulo, sob a influência de hormônios, amadurece e é liberado dos ovários. Esse processo é chamado de ovulação. Para que aconteça a ovulação e uma gravidez, quatro hormônios são fundamentais no ciclo da mulher: o FSH e o LH que são liberados pela hipófise, uma glândula que fica no cérebro, e o estrogênio e a progesterona, que são produzidos pelos ovários. É com esses hormônios que os médicos vão trabalhar na maioria dos tratamentos para infertilidade.

Hormônios:

A partir do primeiro dia da menstruação, a hipófise começa a produzir o hormônio folículo estimulante (FSH), que, como o nome já diz, estimula o crescimento dos folículos no interior dos ovários. Cada folículo contém um óvulo. Os folículos produzem estrogênio, hormônio que ajuda a preparar o útero para uma futura gravidez. Na metade do ciclo (em torno do 14º dia após a menstruação), a hipófise produz outro hormônio, chamado LH, que induz a ovulação. Logo após a ovulação, o folículo começa a produzir mais um hormônio, a progesterona, que também ajuda na preparação do útero para receber uma possível gravidez.

Caso ocorra uma relação sexual no período ovulatório, os espermatozóides depositados na vagina nadam, alcançam o útero e as trompas, onde apenas um deles vai penetrar no óvulo, ocorrendo, dessa forma, a fertilização e a formação de um futuro bebê.